Matemática? Aprendemos brincando!

Depois de quase um ano de trabalho, chegou a hora de colocar em prática tudo o que os alunos do Ensino Fundamental 2 apreenderam em matemática!

Eles foram brilhantes ao elaborarem um jogo que contemplasse todo  o conteúdo trabalhado durante o ano.

Definiram como seria o jogo, escolheram as questões e escreveram as regras.

Foi muito prazeroso constatar que muito do que foi ensinado estava nos tabuleiros e nas cartas, tudo feito com muito capricho e cuidado.

A dinâmica foi incrível, pois ao trocarem os jogos, os grupos puderam rever todos os conteúdos.

Foi uma experiência única, com ideias criativas e diferentes, a matemática ficou muito mais divertida.

 

Veja os depoimentos de algumas alunas:

“Eu gostei muito deste trabalho de matemárica onde transformamos nossos conteúdos em jogo, pois assim vemos os conteúdos de matemática não só como uma matéria para estudar para a prova, mas como algo que pode se transformar em uma brincadeira divertida entre amigas.”

Bianca Paiva Guedes 

“A última aula de sexta-feira no 9º B (dia 29 de setembro), foi de matemática, mas totalmente diferente. Sabe por quê? Porque jogamos os jogos criados por nós mesmos, os alunos. A proposta era que, em grupo, esse trabalho envolvesse conteúdos de matemática, de uma maneira divertida e interativa.

O resultado foi muito positivo. Todos os alunos se envolveram com a iniciativa de uma forma que renderam boas risadas! Foi muito bacana o modo como cada grupo abordou a matemática nos jogos, todos bem criativos.

Ótima ferramenta para revisar conteúdos antigos que ainda serão exigidos na nossa vida escolar.”

Yasmin Simão Kfouri

“Nossa professora de matemática, Ângela Sabioni, nos deixou muito abertos quanto á realização do jogo. Ela não definiu um passo a passo a ser seguido: os resultados obtidos são fruto do nosso empenho e criatividade.

Por meio da elaboração de questões, escrita de regras, realização do tabuleiro e organização das caixas e peças, tivemos a oportunidade de “aprender brincando”.

Mais do que um instrumento avaliativo, esses jogos servirão como recordação. Talvez um dia esqueçamos das fórmulas, mas espero que daqui a alguns anos, quando estivermos arrumando o armário e nossos dedos esbarrarem na caixa do jogo, nós a tomemos nas mãos e nos recordemos de cada bom momento vivido em nossas aulas, de cada jogada desse jogo desafiador que é a vida.”

Helena Studach Kaid Ludemann

 

Confira as fotos!

 

Angela Sabioni, Angela Manocchio, Teresa Chiacchio e Luis Arlindo – Professores de Matemática do Ensino Fundamental 2 

Recent Posts